Site da Alphabet, do Google, é bloqueado na China

Um dia depois de o Google anunciar a criação da Alphabet, sua nova empresa-mãe, o site da holding foi bloqueado pelas autoridades chinesas. A notícia foi dada pelo portal Gratfire.org, que acompanha a censura chinesa na internet.

Não chega a ser uma surpresa, afinal, o próprio Google e seus serviços associados (YouTube e Maps), também sofrem censura em Pequim. O bloqueio acontece desde 2014, quando a empresa rompeu as negociações com o governo chinês sobre a forma como ela deveria funcionar no país. 

Outras plataformas ocidentais, como o Facebook, Twitter e até mesmo o site do New York Times, também enfrentam restrições na China.

Fonte: olhar digital

Nenhum comentário